Eles fizeram passeio por uma hora antes do incidente.

Ao menos 5 pessoas morreram, 18 ficaram feridas e 10 estão desaparecidas.

Turistas brasileiros testemunham erupção de vulcão na Nova Zelândia Um casal de brasileiros que vive na Austrália escapou por 10 minutos da erupção do vulcão na Nova Zelândia que deixou ao menos 5 mortos, 18 feridos e 10 desaparecidos nesta segunda-feira (9). Eles fizeram o relato nas redes sociais enquanto deixavam a ilha. "Coisa mais louca da nossa vida acaba de acontecer.

A gente passeou o vulcão uma hora e pouco, 10 minutos depois que a gente deixou [o vulcão], entrou no barco o vulcão entrou em erupção.

O barco voltou para tentar ajudar as pessoas.

A gente vai ver o que aconteceu aqui.

Graças a Deus a gente está bem", contou Aline Kauffmann, ao lado do marido Allessandro. 23 pessoas, entre eles turistas, foram resgatadas do navio de cruzeiros Ovation of the Seas, que estava na Ilha Branca, onde o vulcão entrou em erupção pouco depois das 14h (no horário local), e lançou rochas, cinzas e muita fumaça. As pessoas resgatadas foram levadas para hospitais da cidade de Whakatane.

Cerca de 50 pessoas estavam na ilha ou perto dela na hora da erupção.

Uma operação de resgate está em andamento.

A primeira-ministra neozelandesa, Jacinda Ardern, visitará a região. Vulcão entra em erupção na Nova Zelândia